Serviços para Fabricantes

Consultoria

  • Apoiamos a implementação de estratégias comerciais e de marketing baseadas no BIM
  • Aconselhamos e facilitamos a divulgação dos produtos através de diferentes canais especializados
  • Apoiamos eventos e acções dos departamentos de Marketing na área BIM

Suporte técnico

  • Apoiamos os departamentos técnicos em Outsourcing
  • Damos respostas às necessidades pontuais da sua empresa ou instituição

Formação/Coaching

  • BIM para os departamentos Técnicos, Comerciais e de Marketing
  • Formação em ferramentas BIM (colaboração, marketing, vendas)
  • Damos respostas às necessidades pontuais da sua empresa

Objectos BIM

  • Desenvolvemos aplicações e conteúdos BIM de suporte aos departamentos técnicos
  • Desenvolvemos bibliotecas digitais de produtos sob a forma de objectos CAD e BIM

PLANOS de HORAS

  • Tenha acesso a todos os nossos serviços através de pacotes pré configurados de horas

BIM para Fabricantes

Vantagens

Para os Fabricantes

  • Facilidade de divulgação dos seus produtos
  • Integração direta dos seus produtos nos projetos
  • Prescrição automática dos seus produtos
  • Apoio aos utilizadores e potenciais clientes
  • Substituição de catálogos em papel e PDF
  • Apoio ao marketing e vendas

Para os Utilizadores

  • Apoio ao projeto, obra e manutenção
  • Visualização dos produtos
  • Prescrição dos produtos
  • Compreensão das características dos produtos

7 Coisas que um Fabricante deve saber sobre BIM

1. O que é o BIM ?

O BIM (Building Information Modeling) é uma metodologia de trabalho baseada num modelo virtual que simula os aspectos físicos e funcionais de uma construção e contém a informação das características de cada uma das suas componentes construtivas. O BIM é um processo colaborativo, já que o modelo vai sendo construído pelos diferentes intervenientes nas fases de projecto e obra, (arquitectos ou designers, engenheiros, orçamentistas, construtores), constituindo um recurso de partilha de informação e uma fonte fiável para tomada de decisões sobre uma construção durante o seu ciclo de vida.

2. O BIM é um software ?

O BIM é uma metodologia de trabalho. No entanto, existem diferentes aplicações informáticas apelidadas “BIM” que permitem a diferentes intervenientes criar, interagir, extrair informação ou gerir a construção a partir de um modelo virtual. Alguns exemplos são o Archicad e o Revit para projecto de arquitectura e engenharia, Tekla para detalhe de estruturas, Vico para orçamentação e gestão de obra, Solibri para análise e consulta do modelo Virtual, ArchiFM para gestão de instalações, mas muitos outros existem no mercado.

3. Como podem os fabricantes participar no BIM?

A metodologia BIM pressupõe que o modelo virtual seja tão próximo da realidade quanto possível. Como acontece na realidade, o papel dos fabricantes é essencial, pois só com os seus produtos é possível executar as construções. O mesmo sucede em relação ao modelo BIM, no qual é necessário utilizar materiais e equipamentos sob forma digital. Os fabricantes devem disponibilizar versões digitais dos seus produtos, sob a forma de conteúdos BIM ou estarem preparados para se tornarem eles próprios intervenientes no desenvolvimento do modelo virtual, dentro do processo colaborativo BIM. Na falta de produtos em formatos BIM, os projectistas tendem a utilizar produtos genéricos nos seus projectos, aos quais associam apenas a informação mínima, já que esta terá que ser posteriormente completada com a informação do produto que for efectivamente utilizado. A disponibilidade de produtos em formatos BIM permite a sua selecção e especificação detalhada nas fases iniciais de projecto. Em princípio, existe uma maior probabilidade de aplicação efectiva de um produto em obra quando este se encontra inserido e especificado dentro de um modelo BIM.

4. O que são objectos BIM?

Existem diferentes formas de integrar produtos dentro de um software BIM. O método mais comum consiste na criação de bibliotecas de objectos, que representam produtos específicos e contém a sua informação mais relevante. Inseridos no modelo virtual BIM, permitem simular a construção final, compreender o seu funcionamento, calcular o seu comportamento e necessidades de instalação, obter os contactos da marca, as referências, prazos de garantia, entre outras informações. Uma vez inseridos no modelo virtual passam a estar disponíveis para serem apresentados ao cliente pelos arquitectos e designers, orçamentados pelo construtor, geridos e mantidos pelo dono de obra.

5. Como divulgar produtos através do BIM ?

Na medida em que simulam produtos reais e são utilizados para desenvolver projectos, os objectos BIM constituem uma forma extremamente eficiente de divulgação. Por serem conteúdos digitais conseguem ser divulgados nos websites dos fabricantes e portais especializados, blogues e redes sociais. Por outro lado, a utilização generalizada do BIM é um fenómeno ainda recente que capta a atenção de projectistas, construtores e donos de obra por todo o mundo, constituindo um óptimo pretexto para voltar a contactar directamente antigos e novos clientes, ou promover eventos em torno do BIM e dos seus produtos.

6. CAD ou BIM?

O CAD foi uma tecnologia que nasceu no início dos anos 80 e que nos anos 90 era já globalmente utilizada como ferramenta de suporte ao desenho de projecto. Embora ainda seja utilizado para apoio ao desenho, desde o início do século o CAD tem vindo a ser substituido pelas poderosas ferramentas BIM que gerem toda a informação do projecto, incluíndo o desenho. No caso das bibliotecas, para além da geometria, os objectos BIM contêm informação sobre os produtos, como a marca, a referência, os acabamentos disponíveis, entre outras. Muitas vezes são interactivas e permitem aos utilizadores seleccionar as diferentes opções e compreender melhor o funcionamento do produto. As bibliotecas CAD apenas contêm a geometria do produto, normalmente com demasiado detalhe e em ficheiros com dimensão desadequada à utilização em projecto. No entanto, frequentemente os ficheiros CAD servem de suporte à produção de bibliotecas BIM, constituindo mais uma forma de rentabilização de um investimento anterior.

7. Onde se usa o BIM?

Actualmente poucos serão os gabinetes de projecto em Portugal que não possuem, pelo menos, uma licença de sotfware BIM, normalmente o Archicad da Graphisoft ou o Revit da Autodesk. Em Portugal o BIM tem um número crescente de adeptos, existindo já uma organização – BIMfórum Portugal – que se propõe promover o desenvolvimento da norma BIM portuguesa. Fora de Portugal o BIM é usado globalmente e encontramos várias situações em que a sua utilização como metodologia de suporte à construção é, ou será brevemente, uma imposição. O Reino Unido é um exemplo próximo, em que por imposição legislativa de 2012, até 2016 toda a indústria ligada ao projecto e construção terá que se adaptar e passar a utilizar metodologias BIM no desenvolvimento de obras para o estado. Nos Estados Unidos, o BIM é um formato exigido pelo departamento de defesa há vários anos. Nos países nórdicos, o BIM é, não só a metodologia de trabalho mais comum, como a generalidade destes países já dispõe de normas nacionais BIM. Também nos países orientais como China, Japão ou Singapura, o BIM é uma tecnologia há muito adoptada. Nos últimos anos, a construção a nível mundial tem vindo a atingir magnitudes e complexidades crescentes. O BIM é a tecnologia que suporta esta nova capacidade e os fabricantes de produtos para a construção devem fazer parte dela.

Perguntas Frequentes

O que é o BIM?

BIM building information modeling é um processo colaborativo de concepção, construção e gestão da construção baseado num modelo digital tridimensional, que contém simultaneamente toda a informação técnica relevante das diferentes componentes da construção real que simula.

Veja aqui mais informação sobre o BIM.

Como pode um fabricante participar no processo colaborativo BIM ?

A solução mais comummente apresentada a esta questão é o desenvolvimento de bibliotecas de objectos BIM, que constituem réplicas digitais de produtos, capazes de funcionar dentro dos diferentes software BIM e que ajudam o processo de prescrição, medição, etc. No entanto, existem outras soluções que deverão ser equacionadas em função das características dos produtos, características e objectivos do seu fabricante, postura e relacionamento com os projectistas, objectivos de mercados, etc. A concepsysBIM tem capacidade para analisar cada situação e prestar aconselhamento sobre a melhor estratégia a adoptar em cada caso.

Como se utilizam as bibliotecas BIM de produtos?

Os objectos BIM são representações digitais de produtos e nesse sentido são utilizados para as mais diversas funções, desde a divulgação dos produtos em websites até à realização de filmes promocionais.

No entanto, a disponibilidade dos produtos em formatos digitais BIM é uma necessidade particularmente sentida pelos projectistas, já que desempenham simultaneamente a função dos objectos de CAD e dos catálogos técnicos permitindo a selecção, visualização e prescrição automáticas dos produtos oficiais dos fabricantes.

Por conterem informação detalhada e representarem digitalmente as características físicas e técnicas do produto real, colocam em evidência os aspectos que os tornam a opção ideal. São, por isso um excelente meio de divulgação.

Como podemos formar a nossa equipa para compreender e trabalhar no processo colaborativo BIM ?

Para além dos serviços de desenvolvimento técnico, a experiência da concepsysBIM no desenvolvimento e suporte à divulgação de produtos de fabricantes tornam-a parceira ideal para promover o processo de valorização e formação dos departamentos técnicos e de marketing dos fabricantes, nomeadamente apresentando soluções para um relacionamento mais estreito com os seus potenciais clientes, proporcionando formação e prestando-lhes suporte diversificado que lhes permitirá participar competitivamente no desafio do processo colaborativo BIM.

A participação plena de um fabricante no processo BIM pressupõe que este proporcione o enquadramento e a formação adequada aos seus recursos humanos. Estamos aptos a realizar sessões informativas sobre o BIM que focam particularmente o que é o BIM, do ponto de vista técnico, do marketing e da comunicação.